Coriza

Coriza, o que é? Tipos, Causas e Tratamentos. Coriza é uma inflamação da mucosa nasal, causada por alergia, resfriados ou até mesmo vírus.

Coriza é caracterizada pela inflamação da mucosa nasal, não necessariamente acompanhada por espirros, escorrimento e obstrução nasal. Sem tratamento pode desenvolver a sinusite, bronquite ou até mesmo a pneumonia.

Coriza
Coriza

Causas:

As causas são geralmente ocasionadas por algum tipo de alergia, que podem ser por conta de poeira, pólen, pelos de animais. Muitas pessoas sofrem com este problema pelas mudanças climáticas, este caso é bastante comum, principalmente nos nas estações de Inverno e Primavera. Este problema atinge também as crianças, fique atento ao sinais de seu filho, para que não desenvolva para uma doença mais séria.

Também pode ser consequência de resfriados e gripes ou até mesmo de vírus.

Tipos de Coriza:

A secreção nasal(escorrimento) possui três tipos de características, cada tipo de é associada a diferentes tipos de doenças:

Coriza transparentes e aquosa: Geralmente são ocasionadas por um resfriado comum, alergias, rinite alérgica ou febre do feno.

Coriza amarelas, verdes, amarela castanha: Normalmente ocasionada por sinusite ou tuberculose.

Coriza de cor ferrugem ou verdes: Causada por infecções bacterianas ou lesão encefálica.

Consulte um médico para saber o real causador deste problema.

Tratamento:

Primeiramente, beba bastante água, mantenha seu corpo hidratado para ajudar em seu sistema imune. Mantenha o corpo aquecido e evite puxar a secreção para dentro do corpo. Assoe o nariz para expelir o muco.

A coriza pode ser combatida com medicamentos que combatem gripe, como os antialérgicos, antitérmicos e antipiréticos que contem as substancias para diminuir a vasodilatação da mucosa nasal e ajudam nos sintomas de mal estar causados pelo congestionamento do canal nasal.

Caso haja obstrução nasal, é recomendado utilizar medicamentos vasoconstritor, para desobstruir o canal e ter uma melhor respiração.

Coriza Tratamento
Coriza Tratamento

Coriza Constante:

Caso os sintomas não melhorarem, é interessante procurar um médico. Requisitará exames de raio x ou ecografias dos seios da face e até mesmo exames de vídeo, para verificar a quantidade de muco que tem no canal nasal.

Provavelmente lhe receitará o uso de corticoides que são usados como medicamento para tratar de quadros alérgicos.

Como acabar com tosse

Como acabar com tosse?! Aqui vamos demonstrar algumas formas de como acabar com tosse seca e alérgica, utilizando soluções simples.

Como acabar com tosse?! A tosse, nada mais é do que uma irritação no sistema respiratório,  um reflexo natural do sistema para eliminar o agente que esta causando a irritação. Esta irritação pode ser causada por alguns fatores comuns como gripe, resfriados, alergias ou alguma inflamação na garganta.

*Lembre-se, a tosse não é uma doença, porem pode ser sintomas de uma…. então fique atento.

Como ocorre a tosse?

Primeiramente, quando o organismo percebe que há algo interrompendo o fluxo de ar, envia um sinal para o hipotálamo que é o centro da tosse no cérebro. Ao receber o sinal, o hipotálamo envia o comando da tosse pelos nervos que ficam em volta do aparelho respiratório, principalmente o nervo vago. A coceira na garganta se da pelo fato da garganta estar muito seca, causando a tosse.

Com isso a glote, que é a válvula na laringe, se fecha e há um grande esforço muscular, que produz um jato de ar para expulsar o corpo estranho que esta dentro do sistema respiratório. Veja na figura a seguir:

Como Ocorre a Tosse
Como Ocorre a Tosse

Tipos de Tosse:

Podemos observar que temos alguns tipos de tosse mais frequentes como a tosse seca que pode ser causada por um resfriado e facilmente curada com os tratamentos que vamos falar logo a seguir. Também temos a tosse alérgica que muitas vezes é aliviada com os métodos de tratamento(chá para tosse e xarope para tosse) porem é interessante tratar a origem deste quadro alérgico.

Também temos a tosse com catarro que muitas vezes esta associada a uma gripe e provavelmente será necessário, alem dos tratamentos naturais com chá para tosse ou xarope para tosse, utilizar remédios para tosse, que auxiliarão na melhorara da gripe também.

Tratamentos:

O tratamento pode ser feito a partir de remédios para tosse naturais, caseiros naturais ou até mesmo naturais comprados em farmácias ou casas naturais, (chá para tosse e xarope para tosse). Em crianças ou bebês, o tratamento natural é o mesmo, pode ser um pouco mais difícil de fazer o bebê utilizar os tratamentos naturais, mas se necessário, utilize uma mamadeira ou uma seringa para dar o chá para tosse ou xarope para tosse para seu bebê.

Crianças um pouco maiores é mais fácil de administrar, mas ajude a criança a fazer o tratamento correto, não deixando muito tempo sem tomar o remédio para tosse (chá para tosse ou xarope para tosse).

Então vamos as dicas de como acabar com tosse!

Lembre-se que independente de qualquer método de tratamento que você ira utilizar, é muito importante manter a garganta limpa e úmida, beba bastante água, assim ajuda a acalmar a irritação no sistema respiratório, diminuindo a tosse.

Agora sim! Como acabar com Tosse:

Tratamentos Naturais e Caseiros para acabar com Tosse:

1. Xarope para tosse caseiro de Mel, Limão e Própolis

Xarope para tosse - Mel, Limão e Própolis
Xarope para tosse – Mel, Limão e Própolis

Esta solução é muito boa para aliviar a irritação da garganta e do sistema respiratório. Esta mistura hidrata muito bem a região irritada, trazendo um alivio muito rápido.

Ingredientes: 

  • 8 colheres de sopa de mel. (Hidrata e suaviza a garganta)
  • 8 gotas de Extrato de Própolis. (Remédio natural com ação anti-inflamatória)
  • 1 limão médio. (Vitamina C, fortalece o sistema imune)

Modo de Preparo: 

É importante que você tenha um recipiente de vidro que possa ser fechado para fazer esta mistura. Adicione o ingredientes, o mel, o extrato de própolis e utilize o suco do limão espremendo-o. Misture bem e esta pronto.

Como Utilizar:

Inicialmente, se sua garganta estiver muito irritada e você estiver com muita tosse, você pode tomar uma colher de sopa do xarope a cada 20 a 30 minutos, conforme o sintoma for melhorando, você pode ir aumentando o espaçamento entre cada colherada. Você pode tomar o xarope para tosse até sentir que não é mais necessário.

Em pouquíssimo tempo você notará uma melhora significativa, mas lembre-se que é sempre importante consultar um médico.

*Dica: Procure por mel de abelhas nativas, por exemplo, abelha Jataí. Esse mel é de utilização medicinal, mais completo e nutritivo que o mel comum que compramos em supermercados.

2. Chá para tosse de Equinácea com Gengibre e mel

Chá - Gengibre-Mel-Limão-Equinacea
Chá – Gengibre-Mel-Limão-Equinacea

A Equinácea e o Gengibre são plantas medicinais com propriedades imunoestimulantes que promovem os mecanismos de defesa do organismo, ajudando a combater e tratar a tosse.

Ingredientes: 

  • 2 colheres de chá da raiz ou folhas da Equinácea.
  • gengibre fresco.
  • 1 litro de água fervente.

Modo de Preparo: 

Adicione as duas colheres de chá da Equinácea junto com pedaços de gengibre, coloque uns 5 pedaços de 1cm cada. Adicione a água fervente e deixe repousar por 15 minutos. Coe o chá e estará pronto para beber.

Inicialmente, se sua garganta estiver muito irritada e você estiver com muita tosse, você pode tomar uma gole do chá a cada 15 minutos, conforme o sintoma for melhorando, você pode ir aumentando o espaçamento entre cada gole do chá para tosse. Você pode tomar o chá para tosse até sentir que não é mais necessário.

Remédios para Tosse:

Em farmácias podemos encontrar diversos remédios para tosse. Consulte o farmacêutico de sua farmácia preferida que ele lhe indicará o melhor remédio para tosse para seu caso.

Como acabar com tosse
Como acabar com tosse

Enxaqueca

Enxaqueca – A dor de cabeça de enxaqueca é o resultado de mudanças específicas no cérebro. Provoca dor de cabeça severa que é freqüentemente acompanhada de sensibilidade à luz, ao som ou aos cheiros.

A enxaqueca pode causar dor latejante grave ou uma sensação de pulsação, geralmente em apenas um lado da cabeça. É muitas vezes acompanhada de náuseas, vômitos e extrema sensibilidade à luz e ao som.

Crises de enxaqueca podem causar dor significativa por horas a dias e pode ser tão grave que a dor deixa a pessoa incapacitante.

Os sintomas de aviso conhecidos como aura podem ocorrer antes ou com a dor de cabeça. Estes podem incluir flashes de luz, pontos cegos ou formigamento de um lado do rosto ou no braço ou perna.

Os medicamentos podem ajudar a prevenir algumas enxaquecas e torná-las menos dolorosas. Fale com o seu médico sobre diferentes opções de tratamento de enxaqueca, se você não encontrar alívio. Os medicamentos certos, combinados com remédios de auto-ajuda e mudanças de estilo de vida, podem ajudar.

Enxaqueca
Enxaqueca

Sintomas

Enxaqueca muitas vezes começam na infância, adolescência ou início da idade adulta. Enxaquecas podem progredir através de quatro estágios: pródromo, aura, dor de cabeça e pós-drome, embora você pode não passar por todas as fases.

Crises

A enxaqueca geralmente dura de quatro a 72 horas se não tratada. A frequência com que ocorrem dores de cabeça varia de pessoa para pessoa.

Enxaqueca pode ser rara, ou várias vezes por mês. Durante uma enxaqueca, você pode sentir:

  • Dor em um lado ou em ambos os lados da cabeça.
  • Dor que sente latejar ou pulsar.
  • Sensibilidade à luz, sons e às vezes cheiros e toque.
  • Náusea e vomito.
  • Visão embaçada.
  • Tonturas, algumas vezes acompanhadas de desmaios.

Quando consultar um médico

As enxaquecas são frequentemente não diagnosticadas e não tratadas. Se você sofre regularmente sinais e sintomas de crises de enxaqueca, mantenha um registro de suas crises e como você as tratou. Em seguida, faça uma consulta com o seu médico para discutir suas dores de cabeça.

Mesmo se você tem um histórico de dores de cabeça, consulte o seu médico se o padrão muda ou suas dores de cabeça de repente se manifestam diferentes.

Consulte o seu médico imediatamente ou vá para a sala de emergência se você tiver qualquer um dos seguintes sinais e sintomas, o que pode indicar um problema médico mais grave:

  • Uma dor de cabeça abrupta e severa como um trovão
  • Cefaléia com febre, pescoço rígido, confusão mental, convulsões, visão dupla, fraqueza, dormência ou dificuldade em falar
  • Dor de cabeça após uma lesão na cabeça, especialmente se a dor de cabeça piorar
  • Uma dor de cabeça crônica que é pior após tossir, esforço, esforço ou um movimento súbito

Pílula do dia seguinte

O que é a pílula do dia seguinte?

A pílula do dia seguinte é um contraceptivo de emergência. É tomado para evitar uma gravidez indesejada após o sexo desprotegido e precisa ser tomado dentro de um determinado período de tempo.

Como funciona a pílula do dia seguinte?

A pílula do dia seguinte funciona de forma semelhante às pílulas anticoncepcionais comuns. Contém um hormônio que torna mais difícil o espermatozoide atingir um ovo e fecunda-lo. A pílula do dia seguinte também pode evitar a ovulação.

Funcionamento Pílula do dia seguinte
Funcionamento Pílula do dia seguinte

Como tomar a pílula do dia seguinte?

Tome a pílula do dia seguinte logo que possível após o sexo. Você tomará uma única dose. Pegue o comprimido com um copo de água e tome-o sem mastigar.

Quanto tempo depois do sexo, você pode tomar a pílula do dia seguinte?

Existem duas pílulas matinais diferentes, Levonelle e Ellaone.

Levonelle precisa ser tomada dentro de 72 horas após o sexo desprotegido, enquanto que EllaOne pode ser tomada até 120 horas após o sexo desprotegido. Quanto mais cedo depois do sexo, você toma a pílula do dia seguinte, melhor.

Contracepção de emergência

A contracepção de emergência é a contracepção que pode utilizar após o sexo desprotegido. Existem dois métodos diferentes de contracepção que são adequados para a contracepção de emergência.

O anticoncepcional de emergência mais usado é a pílula do dia seguinte.

Alternativamente, você pode visitar seu médico para ter uma bobina instalada. Alguns dispositivos intra-uterinos são adequados para contracepção de emergência se instalados dentro de 120 horas após um episódio de sexo desprotegido.

Sobre Levonelle

Levonelle é conhecida como a pílula do dia seguinte. Ele vem como um único tablet. Você pode levá-lo dentro de 72 horas após o sexo desprotegido para proteger contra a gravidez. Quanto mais cedo você tomar, mais eficaz será.

Levonelle é uma pílula anticoncepcional de emergência, então você deve tentar limitar seu uso somente para emergências. Não use isso com regularidade (por exemplo, se você esqueceu frequentemente de tomar sua pílula anticoncepcional). Se você tomar Levonelle com muita freqüência, pode tornar seu período menos regular e pouco confiável.

O uso de contracepção de emergência não protege contra doenças sexualmente transmissíveis, então você ainda deve usar preservativos.

Sobre EllaOne

EllaOne é semelhante a Levonelle, mas pode ser tomado por até cinco dias (120h) após o sexo desprotegido. Apesar deste longo período, deve ser tomado o mais rápido possível após o sexo. Quanto mais cedo você tomar, mais provável é que seja eficacia. Se você vomitar ou tiver uma diarreia grave dentro de três horas após ingeri-lo, você precisa entrar em contato com seu médico, pois talvez seja necessário tomar uma segunda pílula.

Quão eficaz é a pílula do dia seguinte?

pílula do dia seguinte
pílula do dia seguinte

Nenhum contraceptivo é 100% eficaz e a Levonelle não é à prova de defeitos. É menos eficaz do que a contracepção preventiva, como o preservativo ou a pílula anticoncepcional. No entanto, em uma emergência você pode levar Levonelle até 72 horas depois de ter relações sexuais desprotegidas.

Quanto mais cedo você aceitar, mais eficaz será.

  • É melhor usa-la dentro de 12 horas, pois isso oferece 95% de eficácia.
  • Se você usa entre  12-24 horas após o sexo desprotegido, Levonelle é 85% efetivo.
  • Isso cai para 75% efetivo se você leva de 24 a 48 horas após o sexo desprotegido.
  • Finalmente, se você levar 48 a 72 horas após o sexo desprotegido, Levonelle terá 58% de eficácia.

Levonelle é menos provável de ser eficaz se você vomitar depois de toma-lo, se você tem um Índice de massa corporal elevada (IMC), ou se você tomar certos tipos de medicação. Fale com um médico se estiver preocupado com isso.

Levonelle não torna a pílula contraceptiva menos efetiva. Então, continue tomando sua pílula de forma normal e use uma forma alternativa de proteção até que sua pílula contraceptiva regular proteja você de novo (geralmente sete dias após o fato de você ignorar uma pílula e reiniciá-la tomando).

Como funciona Levonelle

Levonelle contém o ingrediente ativo levonorgestrel. Levonorgestrel imita o hormônio sexual feminino progesterona. Para prevenir a ovulação, a fertilização e a mudança do revestimento do útero.

Levonelle engana o corpo para pensar que já ovulou, o que impede que ovos sejam liberados dos ovários. Também engrossa o muco no colo do útero (o pescoço do útero), o que torna mais difícil o espermatozoide de atravessar a vagina até útero para fertilizar os ovos que podem estar lá. Finalmente, Levonelle muda o revestimento do útero para que nenhum ovo fertilizado possa se implantar nele.

Pílulas do dia seguinte mais comuns:

Pode-se encontrar em qualquer farmácia de sua cidade.

Dentre as principais fabricantes estão:

  • Postinor Uno – da marca Aché. É uma pílula de dose única costuma sair por R$ 29;
  • DiaD – da marca CiMed, com dois comprimidos. É possível consegui-la gratuitamente em postos de saúde. Toma-se um comprimido imediatamente e outro após 12 horas;
  • Pilem – da marca União Química, com 2 comprimidos. Baratinha e eficaz;
  • Neodia – da marca Neoquímica, dosagem única.